Horta em casa: 5 aspectos importantes para considerar ao montar uma horta caseira

Além das indicações de cultivos e observações das necessidades de cada espécie de planta, algumas dicas gerais podem ajudar a melhorar ainda mais a qualidade e o desenvolvimento da sua horta caseira. Confira alguns pontos que devem ser levados em consideração:

1. Atenção ao comprar terra preparada

Comprar terra preparada em lojas especializadas pode ser uma ótima alternativa para garantir um solo adequado ao crescimento das plantas da sua horta, uma vez que esse tipo de produto já vem pronto com os nutrientes necessários. Porém, não esqueça de verificar a embalagem e as recomendações de uso antes de começar a plantar!

“Atente-se para que, no rótulo do saco de terra, esteja escrito que ela se destina ao cultivo de hortas/hortaliças. Não utilizar terra preparada para floricultura/jardim, pois não é adubada adequadamente e o desenvolvimento das hortaliças será prejudicado”, alerta Caroline.

2. Aposte na rotatividade de variedades

Acabou de colher cenouras na sua horta? Então, aproveite o mesmo espaço para plantar outro tipo de vegetal! Segundo Renata, fazer essa rotatividade de espécies sempre que possível após as colheitas é importante “para que minimize a possibilidade de escassez de algum nutriente do solo”.

3. Confira a qualidade de mudas e sementes

Antes de plantar sementes ou mudas, é importante verificar a qualidade e a saúde. Ana Paula recomenda que sejam escolhidas “boas mudas e sementes orgânicas, sem defensivos e fertilizantes sintéticos”. Se for plantar mudas, sempre verifique o estado da planta, conferindo se está saudável, para não correr o risco de já começar o cultivo com um pé contaminado.

4. Cuidado com ervas daninhas

Procure observar constantemente se a horta está limpa, sem a presença de plantas e ervas desconhecidas. O crescimento de ervas daninhas pode atrapalhar o desenvolvimento das hortaliças plantadas, que passarão a disputar espaço, nutrientes e água com as intrusas.

“Arranque sempre matinhos desconhecidos que vão nascendo espontaneamente. São ervas que chegam sem ser convidadas para consumir o nutriente do solo. Pode arrancar!”, reforça Ana Paula.

5. Monte a horta próxima a você

Prefira instalar a sua horta em um cantinho da casa com o qual você tenha bastante contato para que ela fique sempre visível, se possível – ou seja, se as condições de luz e ventilação forem adequadas. “Desta forma, cuidará mais, desfrutará mais acompanhando o crescimento da planta e acabará colhendo mais por ter mais cuidados com esta horta”, aponta Renata.

(Fonte: Dicas de mulher)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *