5 Dicas para escolher o terreno certo

Se você deseja construir seu próprio imóvel, o primeiro passo é saber exatamente como escolher um bom terreno para desenvolver o projeto que está em sua mente.

São muitas as ofertas de terrenos disponíveis mas, ao contrário do que muitos pensam, escolher um bom terreno exige uma preocupação muito maior que apenas uma pesquisa de preços.

Não sabe nem por onde começar? Confira essas dicas que preparamos:

 

  • Avalie a localização

Além do terreno em si, também é importante analisar onde o mesmo está localizado. Nesse ponto, é necessário ficar de olho no histórico de segurança do bairro, acessibilidade, proximidade do trabalho e/ou escola. Construções como shoppings, mercados e escolas podem valorizar a sua construção futuramente.

 

  • Incidência solar

No Brasil, terrenos com a frente voltados para a direção norte são mais valorizados no mercado, tudo isso por que a face norte é a que mais recebe insolação durante o dia. A face sul é a que menos recebe sol. Fique atento!

 

  • Topografia

Terrenos em declive são mais baratos que os planos mas, em compensação, é necessário fazer movimentações de terra, aterros e estruturas de contenção e de drenagem o que, no final das contas, pode acabar saindo mais caro para você. É essencial consultar um arquiteto ou engenheiro para melhor aproveitar o traçado natural, evitando gastos desnecessários.

 

  • Vizinhos

É interesse conhecer as pessoas que moram no seu bairro, qual é o público principal do local. Além disso, também é essencial observar a arquitetura do local, como são construídas as casas ao redor e, quem sabe, pegar algumas dicas com os moradores locais.

 

  • Documentação

É importante verificar se não há nenhum problema com a documentação do imóvel. Ao comprar um terreno, exija a certidão de propriedade atualizada. Também é necessário pedir as certidões das ações dos distribuidores cíveis, de protesto, de execuções fiscais e de ações federais do proprietário e de seu cônjuge. Esses tipos de documentos indicam se existem ações contra o proprietário que possam envolver o terreno.

Se a compra for por uma pessoa jurídica, é preciso pedir a Certidão Negativa de Débitos (CND) do INSS.

Também não se esqueça de pedir o carnê do IPTU.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *