Energia solar funciona em cidades mais frias?

Investimento em energia solar no Grande ABC gera economia

No aconchegante clima de Ribeirão Pires, pode ser difícil imaginar como seria possível utilizar a energia solar ao nosso favor, pois a primeira característica que associamos ao pensar na palavra ‘solar’ é o calor.

Os painéis solares não necessitam exatamente de calor, e sim da luz do Sol. Esses equipamentos normalmente são feitos de silício (mesmo material presente em alguns equipamentos eletrônicos e até mesmo em chips), ou seja, trabalham melhor em ambientes mais frescos. Por isso, nem mesmo os dias nublados são um problema, o que torna o clima de Ribeirão Pires uma enorme vantagem para esse tipo de tecnologia.

Com o decorrer do tempo, os painéis vêm se tornando mais fortes e seus custos seguem diminuindo, o que torna essa opção cada vez mais viável para mais pessoas e até mesmo pequenas empresas. Se os painéis forem bem cuidados, eles podem ultrapassar 15 anos de durabilidade. Nesses casos a manutenção costuma ser mais simples e os painéis não precisam ser manuseados com grande frequência.

Além do desconto por não utilizar a energia elétrica tradicional durante o dia, desde 2013 quem consome energia de fonte limpa (solar ou eólica) e une esse sistema ao convencional, ganha desconto de acordo com a energia que sobrar em sua conta. Se houver interesse em aderir a esse método, o responsável pelo imóvel terá de apresentar um projeto junto à distribuidora de energia para uma análise. Vale lembrar que os custos de todo o equipamento e a manutenção são responsabilidades do proprietário do imóvel.

 

Qual sua opinião a respeito desse assunto?
Conte pra gente em nossa página no Facebook! Acesse: fb.com/revistaconstruiredecorar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *